240 mil cães estão abandonados

A falta de castração, o desconhecimento sobre o animal e a compra ou adoção por impulso são as principais causas de abandono de cães e gatos na cidade de São Paulo, segundo ONGs e especialistas ligados ao assunto. É o que mostra a segunda reportagem da série Bichos em Risco, publicada desde quarta-feira pelo Jornal da Tarde para discutir a situação dos animais domésticos na capital.

Cruzando-se estimativas de órgãos de proteção internacional e o último censo feito pela Prefeitura, em 2008, a capital teria  240 mil cachorros  nas ruas: um risco não só a eles, carentes de cuidados, mas à população, exposta a doenças transmitidas pelos bichos.

* Matéria escrita porFelipe Tau e Tiago Dantas, publicada no Jornal da Tarde no último dia 19.